Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

03/07/2020

Aroeira: propriedades medicinais, para diversas utilidades.

A aroeira é uma planta nativa das regiões Andinas na América do Sul se estendendo também para todo o Brasil, na faixa da Mata Atlântica. Seu nome científico é Schinus terebinthifolius Raddi, da família das Anacardiaceae, “prima” do caju, da manga, do umbu, da seriguela. 

Conhecida como aroeira vermelha, aroeira-da-praia, corneíba, almecegueira, lentisco, aroeira-pimenteira etc. A Aroeira chega a medir até 10 metros de altura e dá pequenas flores e frutos vermelhos, em cachos semelhantes a uvas pequenas. Seu principal meio de consumo é através do chá, mas também por gargarejos, banhos ou compressas. As partes utilizadas são as folhas, cascas, frutos e sementes da planta.

 

A aroeira tem ação adstringente, anti-inflamatória, cicatrizante, antimicrobiana e fungicida. Combate gengivites, cistites e hemorroidas.

Algumas indicações da Aroeira.

As cascas e folhas secas da aroeira são utilizadas em chás contra febres, problemas do trato urinário, contra cistites, uretrites, diarreia, blenorragia , tosse e bronquite, problemas menstruais com excesso de sangramento, gripes e inflamações em geral. 

Sua resina é indicada para o tratamento de reumatismo e ínguas, além de servir como purgativo e combater doenças respiratórias. Emprega-se também contra bronquites, orquites crônicas e doenças das vias urinárias. 

Seu óleo resina é usado externamente como cicatrizante e para dor de dente. A resina amarelo clara (a qual endurece ao ar tornando-se azulada e depois pardacenta), proveniente das lesões das cascas, é medicamento de larga aplicação entre os sertanejos, como tônico, nos casos em que usam cascas.


Importância econômica.

A aroeira possui grande importância econômica, pois são vários os usos e serviços possíveis. 

- A madeira recebe diferentes usos, como lenha e mourões na construção civil.

- Na apicultura, sua florada abundante oferece grande quantidade de pólen e néctar para as abelhas domésticas, um dos importantes visitantes das aroeiras floridas.

- Na gastronomia, seus frutos são conhecidos como pimenta rosa, utilizadas para acrescentar sabor e refinamento aos pratos. O sabor suave é levemente apimentado da aroeira vermelha, bem como sua bonita aparência, de uso decorativo, permite o seu emprego em variadas preparações, podendo ser utilizada na forma de grãos inteiros ou moídos.  No entanto, a aroeira é especialmente apropriada para a confecção de molhos que acompanham as carnes brancas, de aves e peixes, por não abafar o seu gosto sutil. 

- Das suas folhas, através do seu extrato seco, o principal benefício fitoterápico é ajudar na redução da secreção de ácidos no estômago. Por essa ação, suas folhas são utilizadas no tratamento de úlcera gástrica. As últimas pesquisas apontam também para uma possível diminuição das dores articulares.

- O óleo essencial é responsável especialmente pela ação antimicrobiana contra vários tipos de bactérias e fungos, bem como atividade repelente contra a mosca. Além de utilizado na forma de loções, géis e sabonetes para limpeza de pele, coceiras, espinhas (acne), manchas, desinfecção de ferimentos, micoses e para banhos.

A Água Rabelo possui extrato de aroeira em sua composição original e em todos os seu produtos.

Gostou? Muita utilidade, não é? wink


Fonte: 
https://www.todafruta.com.br/aroeira-vermelha/
https://www.trocandofraldas.com.br/aroeira-vermelha/